Vantagens do MEI: Conheça agora as principais

como ser um mei
Como ser um MEI: Veja agora o passo a passo completo
30 de setembro de 2020
abrir uma empresa no MEI
7 motivos para abrir uma empresa no MEI
15 de outubro de 2020

Vantagens do MEI: Conheça agora as principais

vantagens do mei
 

Quais são as vantagens do MEI? Saiba que a cada 10 segundos uma pessoa se torna um MEI!

Microempreendedor Individual (MEI) é o indivíduo que exerce atividade econômica em nome próprio, ou seja, trabalha por conta própria e se formaliza como microempresário.

Pode se enquadrar em uma ou mais atividades em um único Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ).

Além disso, o CNPJ traz total credibilidade para o seu negócio!

Em outras palavras, O MEI é para as pessoas que trabalham sem vínculos registrados na carteira de trabalho ou documentação equivalente, sendo geralmente desprovido de benefícios como remuneração fixa e férias pagas.

Não somente com carga tributária reduzida, mas também com acesso à Previdência Social, ser um MEI é um dos assuntos mais em alta.

Além disso, a formalização do trabalhador autônomo e do empreendedor individual está na Lei Complementar nº 128, de 19/12/2008.

No post de hoje falaremos sobre as principais vantagens do MEI. O conteúdo abordará os tópicos:

  • Agora que sou MEI, sou um trabalhador formal?
  • Vou ter taxas no cadastro do CNPJ?
  • Se não tenho taxas, pagarei impostos?
  • É verdade que, com o CNPJ eu consigo vender mais e comprar melhor?
  • Tenho direito a cobertura previdenciária do INSS?
  • Consigo emitir Nota Fiscal?
  • Participar de Licitações Públicas;
  • Se torne um Microempresário quando quiser;
  • E acima de tudo, receba todo o apoio técnico do SEBRAE.

Confira agora as principais vantagens do MEI. Continue a leitura!

Agora que sou MEI, sou um trabalhador formal?

vantagens-do-mei

Sim, essa é a primeira vantagem que queremos te falar: agora você é um trabalhador formal!

E a partir do momento que o cadastro foi feito, você vai ter reconhecimento de um trabalhador formal.

Vou ter taxas no cadastro do MEI?

Nenhuma, o cadastro possui zero taxas de registro! Realize o cadastro gratuitamente pelo Portal do Empreendedor.

Você só precisa entrar no Portal e preencher o formulário com seu CPF, data de nascimento, comprovante de residência e entre outros.

E novamente falando! Não é cobrado nenhum valor para a abertura do MEI.

Sobretudo, certifique-se se você está no site oficial do Governo antes de informar qualquer dado pessoal.

Se não tenho taxas, pagarei impostos?

Uma das maiores vantagens do MEI é que você não pagará nenhum tributo federal, como Imposto de Renda, PIS, COFINS, IPI e CSLL.

Somente um imposto deverá ser pago referente à Previdência Social e no pagamento de ICMS ou ISS.

Fora isso, você não pagará nenhum taxa. Muito bom, não é?

O MEI é diferente de estado para estado, mas, é provável que o valor do imposto seja em média R$ 50,00 fixos por mês, todo dia 20.

Sendo assim, o imposto pago será o DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional), sendo:

  • 5% sobre o valor do Salário Mínimo;
  • Mais R$ 1,00 de ICMS para o Estado (atividades de indústria, comércio e transportes de cargas interestadual);
  • E por fim, R$ 5,00 de ISS para o município (atividades de Prestação de Serviços e Transportes Municipal).

É verdade que, com o CNPJ eu consigo vender mais e comprar melhor?

Com toda a certeza! Só para exemplificar, vamos pensar na seguinte situação:

Você é fotógrafo e recebe uma ótima proposta de fotografar um evento. Em contrapartida, seu cliente pede uma Nota Fiscal. E agora?

Por mais que o seu trabalho seja excelente, você certamente perderá credibilidade.

Um profissional sem CNPJ, por mais experiente e conhecido que seja, é provável que seja avaliado como amador ou como não confiável para contratação.

Por exemplo, você vai a uma loja com ótimas ofertas, mas, é necessário ter CNPJ para comprar.

Então sim! Com o CNPJ você consegue vender mais e comprar melhor.

Tenho direito a cobertura previdenciária do INSS?

Sim! Você tem direito a aposentadoria por idade ou por invalidez.

Por certo, você precisa ter no mínimo 180 meses de contribuições através do DAS. Ou seja, ter pelo menos 15 anos de contribuição e a idade mínima de 60 anos para mulheres e 65 para homens.

Além disso, a aposentadoria pelo MEI paga o valor de um salário mínimo mensal.

Consigo emitir Nota Fiscal?

vantagens do mei

Em virtude do CNPJ, sim! O Microempreendedor pode emitir Nota Fiscal em vendas e em serviços prestados para outras Pessoas Jurídicas.

Podendo oferecer um serviço mais seguro e com mais credibilidade. Além de ter descontos em lojas atacado e não perder vendas.

Surpreendentemente também, o MEI pode ter conta bancária empresarial e ter créditos específicos.

Participar de Licitações Públicas

Licitação é o procedimento administrativo formal que estabelece de forma prévia às contratações de serviços, compra de produtos e registrar preços. Como também pré-contrato.

Só para exemplificar:

Uma empresa privada tem seus princípios ao procurar fornecedores. Já uma grande empresa tem seus princípios, não apenas mais rigorosos como também com regulamento interno de compras.

Dessa maneira, tudo o que o Estado faz depende de algum fornecimento ou prestação de serviço.

Ou seja, Licitação é a maneira que o Estado escolhe de quem comprar.

Em resumo, participar das Licitações Públicas significa que você passa a fazer parte da lista de profissionais que o Estado pode contratar.

Se torne um Microempresário quando quiser

Migrar para o ME é só mais um sinal que o seu negócio deu certo!

Você pode começar como MEI e a qualquer momento se tornar uma Microempresa.

Os principais motivos dessa mudança se dá a necessidade de mais funcionários, sócios ou quando o faturamento anual ultrapassa o limite.

Você pode fazer isso de duas formas:

Migrar de MEI para ME

  • Solicitar o desenquadramento do Simples Nacional pelo Portal;
  • Informar a Junta Comercial do seu estado;
  • E por último, atualizar os dados cadastrais da sua empresa. Ah! E lembrando que o CNPJ será o mesmo.

Fazer um novo CNPJ

  • Dar baixa no CNPJ e encerrar as atividades como MEI pelo Portal do Empreendedor;
  • Clicar em ''Já sou Microempreendedor Individual'' para formalizar sua saída;
  • E logo após, é abrir um novo CNPJ para a nova empresa. Conte com a ajuda de um contador nesta etapa.

Ainda mais, você sabia que tem o apoio do SEBRAE? Falaremos sobre isso no próximo tópico!

E acima de tudo, receba todo o apoio técnico do SEBRAE

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) oferece cursos, dicas e todo o apoio ao Microempreendedor Individual.

Não só para aquele que está começando agora, mas também para aquele que já exerce essa atividade.

Na plataforma você terá acesso a notícias, dicas para o seu segmento empresarial, para o mercado, planejamento , finanças e legislação.

Saiba mais clicando aqui.

Quer se tornar um MEI ou abrir uma empresa?

vantagens do mei

Ser um MEI é ter reconhecimento, ter mais espaço no mercado de trabalho e conseguir oportunidades únicas.

Agora que já conhece as vantagens, leia nosso passo a passo de Como ser um MEI!

Deixar de ser um trabalhador informal já é uma excelente vantagem, não é verdade?

Além de não ter nenhum custo para se cadastrar e nem precisar sair de casa, suas vendas terão bem mais credibilidade.

De fato, com o CNPJ, você terá mais oportunidades de compras e chances de participar de Licitações Públicas. Chances de trabalhar para o Estado, já pensou?

E lembre-se que nada te impede de crescer, você pode começar como MEI e se tornar um grande dono de empresa.

Seja como for, o contador te ajudará em todos os processos, das documentações mais difíceis até ao migrar para Microempresário.

Então, esperamos que você tenha gostado do conteúdo, deixe um comentário ou fale conosco.

parallax background

Entre em contato agora mesmo e agende uma reunião com nossa equipe!

AGENDE UMA REUNIÃO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *