fbpx

O que é Fluxo de Caixa e como ele pode ajudar a sua empresa

escritório de contabilidade
Escritório de Contabilidade: Como escolher o ideal para sua empresa
22 de julho de 2020
nota fiscal eletrônica
Nota Fiscal Eletrônica: o que é, para que serve e quais os benefícios
10 de agosto de 2020

O que é Fluxo de Caixa e como ele pode ajudar a sua empresa

o que é fluxo de caixa
 

Você quer saber o que é fluxo de caixa? Se você possui alguma empresa ou qualquer outro tipo de negócio, é muito importante saber o que é, mas também saber como ele pode ajudar a saúde financeira da sua organização.

O fluxo de caixa é algo muito importante para a vida de qualquer empresa, pois é com ele que você consegue fazer uma boa gestão financeira e consequentemente tomar as melhores decisões.

Com um fluxo de caixa bem feito, você tem a certeza de que sua empresa está lucrando ou tendo prejuízos.

Nesse artigo vamos explicar detalhadamente o que é fluxo de caixa, qual sua importância e como fazer. Confira!

O que é fluxo de caixa?

o que é fluxo de caixa

Depois dessa pequena explicação acima, você deve estar curioso para saber o que é fluxo de caixa, não é mesmo?

Pois bem, fluxo de caixa é o movimento de entrada e saída de dinheiro de sua empresa, ou seja, aquilo que você recebe e paga dentro do seu negócio.

Se você trabalha no comércio e tem uma loja de roupas, por exemplo, o dinheiro das vendas que entra e o dinheiro que você paga o aluguel, a conta de luz, telefone, fornecedores e etc. Pertencem ao fluxo de caixa.

Por isso saber o que é fluxo de caixa é super importante na vida de qualquer empreendedor.

A importância do fluxo de caixa

O fluxo de caixa é importante porque com ele você pode ter o controle do dinheiro que entra e do dinheiro que sai. Com isso, você saberá se seu estabelecimento está tendo prejuízos ou lucrando.

Para isso, você deve saber o que é um fluxo de caixa, conhecer os seus tipos e ter a disciplina de anotar ou registrar os ganhos e gastos de forma detalhada, sem erros.

Com este procedimento de forma diária, semanal ou mensal, você tem o controle sobre a saúde financeira de seu negócio, e poderá analisar mais profundamente possíveis problemas como, gastos excessivos ou falta de investimento, por exemplo.

Muitos empresários recomendam e usam planilhas para registrar e examinar os ganhos e gastos de sua empresa. Outras preferem algo mais sofisticado, detalhista e completo como sistemas de gestão online.

Seja como for, sabendo fazer um fluxo de caixa, você tem em mãos os recursos necessários para poder tomar as decisões certas.

Os tipos de Fluxo de caixa

o que é fluxo de caixa

Além de saber a importância de um fluxo de caixa, é necessário também conhecer os seus tipos. Por isso, separamos aqui os sete tipos mais utilizados;

  • Operacional

Este tipo de fluxo de caixa serve para mostrar os resultados ganhos pela empresa em um determinado período. Ele demonstra os resultados obtidos e a variação do capital de giro.

  • Direto

Ele registra os recebimentos e pagamentos das atividades operacionais sem realizar qualquer desconto, considerando a forma bruta das operações.

  • Indireto

Esse método não se baseia diretamente na análise dos fluxos de caixa, mas nos lucros e prejuízos.  Eles são ajustados por itens econômicos como depreciação, amortização e variações nas contas patrimoniais.

  • Livre

Este tipo de fluxo de caixa serve para medir a capacidade que o negócio tem de gerar capital em curto, médio e longo prazo. Para isso, ele indica o saldo da comparação com o fluxo de caixa operacional.

  • Descontado

Serve para determinar o valor de uma empresa, por isso, ele costuma ser utilizado no processo de compra e venda de uma organização ou em caso de fusões, para avaliar o retorno do capital investido.

  • Investimento

Esse tipo de fluxo de caixa precisa acompanhar todas as movimentações financeiras realizadas para gerar resultados positivos e acumular riquezas.

  • Projetado

Trata-se de uma estimativa que permite ao empreendedor planejar suas próximas iniciativas com base nos resultados obtidos. Basicamente o que o gestor precisa fazer é analisar as contas do presente (pagamentos e recebimentos), calcular uma média e projetar para construir uma visão futura do negócio. 

Principais erros no fluxo de caixa e dicas para não cometer

o que é fluxo de caixa

Como nem tudo são flores, mesmo na hora de elaborar um fluxo de caixa, muitos empreendedores acabam errando e não executam um bom trabalho nas finanças do seu negócio.

Por isso, reunimos os cinco erros mais comuns que a maioria dos empreendedores cometem na gestão financeira ou no controle do fluxo de caixa. São eles:

Misturar as suas finanças com as da empresa

Principalmente pequenos empreendedores, acabam misturando as finanças pessoais com as jurídicas. Esta prática é tão grave que você pode acabar por ferir o princípio da entidade, ou seja, você mascara as finanças de sua empresa e, ainda acaba não sabendo qual o capital de giro você ainda tem a disposição.

Não atualizar o seu fluxo de caixa diariamente

Atualizar seu fluxo de caixa diariamente é muito importante pois, como destacado nesse artigo, ele nada mais é que uma forma simples e certeira de examinar a saúde financeira de sua empresa. Por isso, se você não atualizar seu fluxo de caixa, não saberá o quanto, de fato, está entrando ou saindo.

Não lançar toda a movimentação

Uma planilha incompleta de fluxo de caixa pode ser algo perigoso, pois pode fazer com que você não saiba ao certo como está o lado financeiro de sua empresa. Por isso, nunca se esqueça de atualizá-lo sempre e de maneira completa para o bom desempenho de sua gestão financeira.

Não categorizar as suas contas

Quando for montar seu fluxo de caixa e registrar as entradas e saídas de dinheiro todos os dias, anote também, de onde veio e para onde foi esses recursos. Por mais que pareça desnecessário, isso lhe fará saber o porquê sua empresa anda gastando tanto dinheiro, ou até mesmo, se está sobrando para poder fazer novos investimentos.

Não estabelecer um indicador financeiro estratégico

O fluxo de caixa também serve para te ajudar a resolver os problemas financeiros de sua empresa ou evitá-los de acontecer. Por isso, seja estratégico, use seu fluxo de caixa para o bem de sua empresa como um todo. Isto é, não apenas para um mero registro de entrada e saída de dinheiro, mas para um bom planejamento e tomadas de decisões certas.

Conclusão

O fluxo de caixa é o coração de sua empresa. Se ele não estiver muito bem controlado e interpretado, você poderá ter constantes problemas! Conte com a Orsales Contabilidade para te ajudar! Afinal, somos muito mais que um escritório contábil, somos uma parceria para sua empresa ; )

 

parallax background

Entre em contato agora mesmo e agende uma reunião com nossa equipe!

AGENDE UMA REUNIÃO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat